DOE       QUEM SOMOS      O QUE FAZEMOS      FAÇA PARTE      CONTATO

No ritmo

da vida

 

Quem é Meninadança?

Somos uma organização não governamental que trabalha com meninas em situação de risco, alta vulnerabilidade social, vítimas de abuso ou exploração sexual nas comunidades às margens da BR-116, denominada a "rodovia da exploração" no Brasil.

Receba nossas notícias por email

Uma vida de cada vez

Comunidades remotas e em situação de extrema pobreza, ao longo da BR-116, vivem uma epidemia de abuso e exploração sexual infantil.  Nosso objetivo é colaborar para a mudança desta realidade, uma vida de cada vez.

Nossa Visão

Ser reconhecido, por contribuir com o enfrentamento à violência e exploração sexual contra crianças e adolescentes do sexo feminino.

Nossa Missão

Promover ações de defesa e formação integral de meninas em situação de risco, vítimas de violência e exploração sexual.

Nossa Finalidade

Combater a violência e a exploração sexual proporcionando às meninas atendidas um desenvolvimento integral.

Apenas

Meninas

Trabalhamos com 180 meninas de 11 a 17 anos todos os dias em nossas Casas Rosas em cidades ao longo da BR-116.

Usamos a dança, juntamente com outras atividades específicas para meninas, em um ambiente feminino e seguro, estimulando-as na construção da sua identidade, resgate da sua autoestima e o desejo de sonhar; ensinando-as a olhar para o futuro sem medo.

A BR-116

A rodovia da exploração

A BR-116 é a maior rodovia do Brasil e a com o maior números

de casos de exploração sexual infantil.

 

Você pode nos ajudar a mudar isso.

4513

km - o comprimento da BR-116.

A maior rodovia do Brasil.

262

pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças adolescentes, de acordo com o levantamento feito pela

Polícia Rodoviária Federal

14

km, esta é a distância entre cada ponto de vulnerabilidade favorável aos crimes de prostituição infantil na BR 116.

2

1

1

Os estados Minas Gerais e Bahia - onde Meninadança desenvolve projetos - têm os maiores índices de prostituição infantil no Brasil.

90,4%

dos 470 municípios onde foram encontrados lugares de prostituição infantil têm um índice de desenvolvimento humano (IDH) entre muito baixo e médio.

26%

das vítimas de exploração sexual infantil são do sexo feminino e vivem em localidades de extrema pobreza. Meninadança trabalha na região mais pobre dos dois estados.

NOSSO TRABALHO

As Casas Rosas

Na Casas Rosas, dança, teatro, artes, beleza e outras atividades terapêuticas são usadas para ajudarem as meninas a enfrentarem seus problemas e descobrir o seu verdadeiro valor e potencial.

Nossa equipe de educadores e profissionais criam laços de amizade e confiança com as meninas, ajudando-as a encontrarem a força interior e coragem para assumirem o controle de suas vidas.

Tudo o que fazemos na casa é projetado para trazer transformação na vida das meninas, e quebrar um ciclo geracional de pobreza, exploração e injustiça.

 

Mudando Mentes

Através do projeto 'Mudança de Mente' enfrentamos e desafiamos uma cultura local de aceitação e consentimento à exploração sexual infantil.

 

Usando arte de rua, apresentações de teatro e dança, eventos públicos, blitz e divulgação, estamos levando comunidades a repensarem como eles enxergam e se relacionam com crianças e adolescentes do sexo feminino.

Campanhas

As campanhas do Meninadança visam desafiar, sensibilizar, conscientizar e exigir mais esforços para combater a epidemia de explorarão sexual infantil no Brasil.

Utilizamos a mídia, a mobilização de pessoas,  campanhas de divulgação e representação política e para chamar a atenção para o problema e destacar casos individuais.

Vidas transformadas

Assista a história da Bia